Frota - Informação Geral

A frota de pesca nacional registada a 01 de janeiro de 2015 é composta por cerca de 8 161 embarcações com uma capacidade total de arqueação bruta de 98 343 GT e uma capacidade total em potência de 362 627 kW. A frota nacional está classificada em embarcações de pesca local, costeira e do largo e engloba as embarcações registadas nos portos do Continente, da Região Autónoma dos Açores e da Região Autónoma da Madeira.
                         

As embarcações atuam principalmente na zona IX e X do CIEM, e CECAF (frota registada em portos do Continente, da Região Autónoma dos Açores e da Região Autónoma Madeira, respetivamente) onde a maioria são polivalentes, encontrando-se licenciadas para as artes de palangre de fundo, redes de emalhar e armadilhas de abrigo e de gaiola. As principais espécies desembarcadas de peixe fresco e refrigerado são a sardinha, cavala, polvos, carapaus, peixe-espada preto, atuns e outras espécies similares.
                                               

Em termos de dimensão da frota comunitária, Portugal ocupa o quarto lugar relativamente ao Estado Membro com o maior número de embarcações, posição que é antecedida pela Grécia, Itália e Espanha que ocupam respetivamente o primeiro, segundo e terceiro lugar. No que respeita à capacidade, Portugal é o sexto Estado Membro cuja frota tem maior capacidade em termos de arqueação bruta (GT) e o sétimo em termos de potência propulsora (KW).

Fonte: http://ec.europa.eu/fisheries/documentation/publications/pcp_en.pdf

Partners